Tudo igual: CSA e CRB empatam no primeiro clássico da temporada

Norberto abriu o placar para o Azulão e Diego Ivo empatou para o Galo; Partida foi válida pela terceira rodada da Copa do Nordente; veja os gols


Por Silas Emanuel


CSA e CRB empataram por 1 a 1 no primeiro clássico do ano, válido pela Copa do Nordeste, para o CSA valia sua primeira vitória na competição. Já para o CRB, valia chegar aos primeiros do grupo A da competição. Foi um jogo com tempos distintos: o primeiro foi melhor para o Azulão e o segundo para o Galo. Foi um jogo com poucas emoções.


1º Tempo:


Imagem: Augusto Oliveira/CSA


CSA muito mais intenso no campo de ataque, CRB, vinha nos contra-ataques tentando igualar as ações no campo de ataque, a ausência de Diego Torres no meio-campo Alvirrubro mudou o estilo de jogo Regatiano que depositava em Wesley a esperança de criação pelo meio.

De tanto insistir saiu o primeiro gol Marujo: Norberto inverteu com Marco Túlio, pela direita e após cruzamento do camisa 21, Norberto Recebeu livre de marcação e bateu cruzado: 1 x 0 CSA.


O CRB tentava criar, mas com a forte marcação Azulina na entrada da área o jeito era chutar de fora, já que o Galo tinha muita dificuldade de acionar os laterais, pelas extremidades do campo ou até mesmo uma tentativa tabelando com Lucão ou Hyuri.


Rodrigo Pimpão, aos 29’, recebeu cartão amarelo após uma dividida mais forte com Wesley que saiu minutos depois, aos 33’, sentindo a perna esquerda. Em seu lugar, entrou o Carlos Jatobá, camisa 14.



Imagem: Augusto Oliveira/CSA


O CSA era muito superior, ao CRB que estava, visivelmente, desorganizado e sem compactação defensiva. O grande espaçamento entre as linhas gerava ao CSA muito espaço para girar o jogo, pelo meio. Com 35 minutos, Reginaldo Lopes tomou cartão amarelo.


O Azulão chegava fácil e o CRB ia se safando como podia. Aos 43 minutos Mardden praticou um verdadeiro milagre, no Trapichão: após um novo cruzamento de Marco Túlio, Norberto recebe livre, na estrada da pequena área, nas costas de Páscoa, e bate forte, alto e o goleiro Regatiano espalmou, salvando o CRB. O Senhor Caio Vieira, árbitro do jogo, acresceu mais 3 minutos ao jogo, finalizando a partida aos 48 minutos: 1 x 0 CSA.


2º Tempo:


Imagem: Douglas Araújo/CRB


Na volta do vestiário, o treinador Roberto Fernandes promoveu a saída do Ewerton Páscoa para a entrada do Diego Ivo e Hugo, para a entrada de Dudu. O CRB inicia o jogo mais organizado, com as linhas mais consistentes, chegando, mesmo de forma atrapalhada, ao ataque, mas ainda sem levar grandes chances.


O CSA ligou o modo segurança e levando a partida em banho Maria acionando os laterais, rodando o jogo, segurando a partida. Aos 4 minutos, Geovane, camisa 5 do CSA levou cartão amarelo, por uma chegada forte em Dudu. Aos 11’ Marco Tulio, sentindo câimbras, deu lugar ao Silvinho, camisa 11. Jatobá, do CRB, também aos 11 minutos, levou amarelo. Aos 24’ foi a vez de Silas. O Azulão ia segurando o CRB que criava, mas não finalizava.



Imagem: Douglas Araújo/CRB


Até que aos 25’ na falta que resultou no cartão amarelo de Silas, Guilherme Romão colocou a bola na área e, de cabeça, Diego Ivo marcou para o CRB, deixando tudo igual no Rei Pelé: 1 x 1.


A partir daí o placar não foi mais alterado, as duas equipes se alternaram no campo de ataque, mas sem sustos. Iuri Castilho ainda substituiu Rodrigo Pimpão, pelo CSA e pelo CRB Régis entrou no Lugar de Hyuri. Luidy Ainda levou amarelo aos 37’. Aos 49 minutos a partida foi encerada: 1 x 1.



Imagens: Nordeste FC



Como fica:


Com o resultado, o CSA chega aos três pontos e permanece fora da zona de classificação para as fases sinais da competição. Já o CRB fica com quatro pontos, entrando na zona de classificação do grupo A, na terceira colocação.


Próximos Jogos:


O CSA vai à Sobral, no Ceará, enfrentar o Guarany. É a estreia Maruja na Copa do Brasil. A partida, marcada para as 15h30min, da próxima quarta (17), no estádio do Junco. O Galo também estreia na Copa do Brasil. A Equipe viaja para Goianésia, onde na quarta-feira (17), enfrenta o Goianésia, as 16h. A partida está marcada para o estádio Valdeir José de Oliveira.

Passando de fase, cada equipe embolsa R$ 560 mil reais, e por serem melhor ranqueados, jogam pelo empate.


Ficha Técnica:


CSA: 1 – Thiago Rodrigues

2 – Norberto ( C )

30 – Rodolfo Filemon

4 – Fabrício

6 – Vitor Costa

5 - Geovane

7 – Silas

27 – Gabriel

17 – Rodrigo Pimpão

21 – Marco Túlio

9 - Delatorre


Técnico: Mozart

SUPLENTES:


12 – Darley

31 – Pedro Caracoci

3 – Lucão

14 - Tito

25 – Cristovam

28 – Marquinhos

22 – Bruno Mota

11 – Silvinho

99 – Iury Castilho


CRB:


1 – Edson Mardden

2 – Reginaldo Lopes

3 – Gum ( C )

4 – Ewerton Páscoa

15 – Hugo

5 – Claudinei

6 – Romão

8 – Wesley

16 – Luidy

11 – Hyuri

9 – Lucão


Técnico: Roberto Fernandes


SUPLENTES:


12 – Diogo Silva

7 – Jiménez

10 – Dudu

13 – Olívio

14 – Carlos Jatobá

17 – Régis

18 – Darli

19 – Davi Lessa

20 – Luca Caio

21 – Diego Ivo

22 – Matheus Stockl

23 - Ewerton