Mineração Vale Verde do Brasil Ltda emite carta aberta à imprensa


Foto: Ascom


Por: Ascom MVV


Craíbas, 25 de Janeiro de 2021


A Mineração Vale Verde do Brasil Ltda (MVV), sociedade empresária limitada com sede no município de Craíbas, Estado de Alagoas, no endereço Sítio Lagoa do Mel, S/N, AL-486, zona rural, torna público seu posicionamento referente à notícia que circula em redes sociais sobre o processo de contratação da empresa, além de outros assuntos, fruto de entrevista realizada por rádio local, no dia 22 de janeiro de 2021.


Antes, a empresa reforça seu compromisso com o diálogo transparente e contínuo com todas as partes interessadas e sociedade civil. Para isso, mantém todos seus canais de comunicação disponíveis, sejam através de profissionais capacitados, Fale Conosco (82 9.8189-6016), redes sociais e reuniões periódicas de Diálogo Social, entre outros.


Sobre alguns pontos que foram mencionados na entrevista, a MVV informa o seguinte:


1) Contratação de mão de obra local: A MVV é a primeira empresa de mineração e o maior investimento privado dos últimos 10 anos do Estado de Alagoas, o que interfere diretamente em toda a conjuntura desenvolvimentista para a implantação e operação do seu empreendimento. Cerca de 70% da mão de obra direta e terceirizada são desta região do Agreste Alagoano, ou seja, cerca de 1.400 dos 2.000 colaboradores. Deste número, mais de 20% do efetivo, equivalente a 400 pessoas, são do município de Craíbas. Proporcionalmente, considerando sua população de cerca de 20 mil pessoas, Craíbas é a cidade que mais tem representatividade dentre os empregados do Projeto.


Para alcançar esse resultado, não podemos deixar de mencionar algumas iniciativas realizadas pela MVV ao longo dos anos para capacitar e estimular pessoas da região a fazerem parte do nosso time:


- Programa de Qualificação Profissional: Em 2019, a empresa em parceria com o SENAI/AL fomentou a capacitação de 488 pessoas de Craíbas e Arapiraca nos cursos para pedreiro, eletricista montador, carpinteiro, armador, servente, pintor, caldeireiro, encanador industrial, mecânico montador, montador de andaimes e soldador, com entrega de certificado com validade em todo o território nacional, com o objetivo de aumentar a empregabilidade das pessoas para o mercado de trabalho, independente da demanda da mineração.


- Programa de Desenvolvimento de Fornecedores Locais: Realizado em 2019, 50 empresas atuantes nos setores de locação de veículos; buffet; transporte de cargas; fardamento; mecânica; alimentação; manutenção de ar-condicionado; comunicação; entre outros foram selecionadas por meio de edital, para capacitação e fornecimento de materiais/serviços a qualquer empresa instalada nos municípios brasileiros, entre esses, Craíbas e Arapiraca. Algumas dessas empresas foram e/ou estão prestadoras de serviços da MVV até hoje.


- Programa Social de Desenvolvimento de Fornecedores: Em parceria com o SEBRAE/AL, esse programa busca fomentar o desenvolvimento social das empresas locais. Com base em diagnóstico para identificar demandas de negócios locais, foram realizados cursos de capacitação e consultorias financeiras e regularização fiscal aos pequenos empreendedores.


- Programa Aprendiz Operacional: Cerca de 1.340 pessoas se inscreveram para concorrer às 50 vagas disponíveis para a população de Craíbas e Arapiraca. Desses 50 aprendizes, 41 com maior destaque no Programa estão em fase de treinamento prático para assumirem, em breve, o cargo de Operador de Planta. Curso este, inédito no Agreste Alagoano, elaborado pela MVV em parceria com o SENAI/AL. O intuito é ampliar a inserção de pessoas da região no mercado de trabalho voltado para a mineração. Enquanto estudam, os alunos recebem bolsa-auxílio, transporte e alimentação até a conclusão do curso. Craíbas, de igual forma, é a cidade proporcionalmente (em relação à sua população) mais representada pelos aprendizes contratados: 39% são deste município.


2) Redução do ISS (Imposto Sobre Serviços): A Lei nº 466/2019, alterada em 12/06/2020 para a Lei nº 469, institui regimes fiscais com criação do Regime Especial de Tributação referente ao Imposto Sobre Serviços de Qualquer Natureza (ISSQN), e referencia que qualquer empresa interessada em fomentar negócios no município de Craíbas pode ser beneficiada, quando preenchidos os requisitos da Lei. O regime fiscal não é uma exclusividade para a MVV.


3) Compensação ambiental: A compensação ambiental, prevista na Lei 9.985, de 18 de julho de 2000, visa balancear os impactos causados pela implantação de atividades utilizadoras de recursos naturais, no intuito de manter o equilíbrio entre a atividade econômica e a sustentabilidade. Tal compensação dar-se por meio do aporte financeiro disponibilizado pelo empreendimento ao órgão licenciador (Instituto de Meio Ambiente de Alagoas - IMA), que de acordo com o artigo 36 da referida Lei, é quem define as diretrizes da utilização do valor disponibilizado pela empresa, decidindo quais as unidades de conservação seriam beneficiadas ou quais seriam criadas. No caso do Projeto Serrote, o investimento visa a conservação do bioma da caatinga no Estado de Alagoas.


Sendo assim, a empresa mantém os canais de comunicação sempre abertos para o diálogo e está à disposição para esclarecimentos de dúvidas, através de sua Coordenação de Comunicação, Relações com Comunidades e Institucionais ou pelo e-mail imprensa@vale-verde.com.


Sem mais para o momento, renovamos votos de estima.


Atenciosamente,


Coordenação de Comunicação, Relações com Comunidades e Institucionais